Chalés

Tarifas

Contato

Ligar


 

Nossa História

Chalés Sítio Bom Retiro

Século XVI – A família Holanda da qual faz parte o proprietário acima mencionado, provêm do holandês Arnau Florentz, ou Arnau de Holanda, nobre que teve completa adaptação ao Brasil. Era filho de Margaretha Florentz e Hendrick Van Holland, Barão de Rhijnsburg. Consta que Margaretha seja irmã de Adriano Florentz, Papa Adriano VI, o último Pontífice não-italiano até à eleição de João Paulo II. Arnau, natural de Utrecht, Holanda, possuía o título de Barão de Theorobonet. Atendeu em 1535 ao convite de Duarte Coelho, primeiro donatário da Capitania Hereditária de Pernambuco. O Ceará recebeu muitos membros ativos deste clã, representados pelos bisnetos e trinetos de Arnau, que chegaram às praias de Aracati e Cascavel no decênio inicial do século XVIII. Outros parentes firmaram-se nas zonas sertanejas de Quixadá e Quixeramobim, posteriormente na serra de Baturité onde ajudaram consolidar as excelências da cultura elitizante do café.

Século XVIII – No princípio a região da serra de Baturité era habitada pelos índios selvagens Canindés e Genipapos. Neste século foi registrada a chegada do primeiro homem branco através do capitão João Rodrigues de Freitas, no Sítio Macapá. Eram freqüentes as secas que ocorriam nos sertões provocando a eliminação dos rebanhos, forçando a migração para essa região serrana devido abundância de água. No primeiro instante ocorreram reações indígenas provocando o aprisionamento e conversão dos nativos à religião. 1822 - Foram em Guaramiranga, no sítio Munguaípe, as primeiras plantações de café com sementes trazidas da região do Cariri colhidas em cafeeiros originários de Pernambuco, expandindo-se dois anos depois no sítio Bagaço (município vizinho de Mulungu) com sementes de café oriundas do Estado do Pará. Com a continuação das freqüentes secas que ocorriam nos sertões de Quixadá, Quixeramobim e Canindé e junto com a consolidação da lavoura do café, migraram algumas famílias para a região serrana como por exemplo, os Linhares, Holanda, Queiroz e os Caracas. Esclarecemos que os conhecidos sítios Monte Flor, Abreu, Tibagí, Canabrava, Logradouro, Uruguaiana, Arábia e Bom Retiro foram propriedades pertencentes aos ascendentes da tradicional família Holanda que se estabeleceram em 1827, através de José de Holanda Lima que veio de sua fazenda em Quixeramobim, Este era trisavô do proprietário dos Chalés Sítio Bom Retiro, inserido numa de gleba de 12 Ha parte do Sítio Bom Retiro, onde recebeu como herança. Em 1890, No Sítio Conceição foi erguida uma pequena capela onde se desenvolveu o povoado Conceição da Serra, tornando-se em 1873 sede da freguesia Nossa Senhora da Conceição. Em 1890, através do decreto nº. 55 o povoado passou a condição de vila. No mesmo ano pelo decreto 59 criou-se o município com o nome de Guaramiranga, que na língua Tupi Guarani significa pássaro vermelho.

1920 - Por volta das três décadas seguintes, a economia agrícola ampliou de forma significativa, notadamente o plantio de café, junto com a produção oriunda dos engenhos de cana-de-açúcar, casas de farinha, horti-frutigranjeiros, permitindo que as famílias dos grandes sítios estabelecessem na própria região por um período mais duradouro. A partir das décadas que se seguiram percebeu-se uma certa estagnação. Nos anos oitenta ocorreu uma importante melhoria no sistema viário, levando a região a prosperar com o aparecimento de novas construções, notadamente as casas de veraneio, pousadas e o reaquecimento do comércio em geral.

Os Chalés Sítio Bom Retiro foram idealizados e projetados com muito esmero pelo proprietário e engenheiro civil com um novo conceito de turismo, tornou-se um diferencial no modo como funciona e no todo da sua estrutura com o uso da telha francesa ( Telha de Marseille - à 45° ), único na região. Destaco o importante apoio de nosso irmão, o engenheiro eletricista Paulo Rubens de Holanda Cavalcante e de sua esposa, engenheira de pesca Maria de Fátima de Castro Pereira Cavalcante, tanto no campo das idéias do projeto como na doação de suas áreas no terreno, que permitiu a implantação do empreendimento.

 

 

 

 

 

"A Natureza não economizou nos seus encantos"

 

       

 

Reservas

Roberto Flávio
(85) 98631-1666 Oi
(85) 98723-7010 Oi / 99997-8004 Tim
robertoguaramiranga@hotmail.com
Av. dos Expedicionários, 5405
Apto 104 Bloco 10
Montese, Fortaleza-CE
Fone: (85) 3491-3644